Manual de gente .png

 

Manual de gente! Isso existe?

 

 

Manual de gente! Isso Existe?

 

Dizem que o primeiro cliente a gente nunca esquece, e essa experiência que vou compartilhar com vocês realmente me marcou.

Meu primeiro cliente, ainda como estagiária no último ano da faculdade do curso de psicologia, era um engenheiro extremamente lógico, prático e metódico.

 

Já na primeira reunião ele me deu uma incumbência - Elaborar um Manual de Gente. Como assim, vocês devem estar se perguntando? Ele queria que eu descrevesse o máximo possível de situações previsíveis(se posso assim chamar) do comportamento humano e quais deveriam ser as atitudes/ respostas do líder, para que tivessem os melhores resultados.


Para tudo! Sai da reunião conversando com meus botões e tentando entender aquela demanda. Para resumir a história, foram muitasss reuniões para tentar explicar que 'pessoas são pessoas', que não são como as máquinas que tem um manual a ser consultado e usado quando tem algum tipo de problema.

 

Levei o caso até para a minha supervisão, para que o meu orientador me ajudasse a entender essa situação, pois o que de fato ocorria era uma baita ‘inabilidade’ desse líder em fazer a gestão de pessoas.

 

Creio que a missão dada foi cumprida!

 

Apresentei para esse cliente um Programa de Treinamento para formação de sua equipe de líderes da fábrica, que contemplava conceitos e ferramentas de liderança.

 

Ao longo dos treinamentos pude constatar o nível de dificuldade e posteriormente amadurecimento do grupo, que aprendeu fazer a gestão de pessoas, não com um manual pronto à seguir, mas de forma estratégica e muito mais humanizada.

 

Hoje já se foram mais de 20 anos desse episódio, e ainda constato em minhas consultorias a inabilidade de líderes em fazer de fato a gestão de pessoas.

 

Saibam que não tem fórmula mágica, tem que gostar de gente para ser líder... tem que ter muita conversa, olho no olho, empatia, confiança, feedback, bons exemplos e tudo isso você irá desenvolver e dominar muito mais rápido se você se capacitar para atuar nessa função, que, como em outra qualquer função, o profissional não nasce pronto!

 

 

 

Elaine Moraes -Consultora Qualitas